Características do Arroz da Região

O arroz produzido na região da primeira denominação de origem brasileira apresenta características diferenciadas, que beneficiam tanto o produtor quanto o consumidor.

As características climáticas da região do Litoral Norte Gaúcho são determinantes sobre a lavoura de arroz irrigado e isto é fartamente comprovado na literatura existente. O grão produzido tem características de alto rendimento de grãos inteiros, aparência vítrea e baixo percentual de gessamento mantendo uma constância ao longo de diferentes safras. Isto caracteriza um arroz diferenciado, valorizado não somente pela indústria beneficiadora, mas também pelos consumidores finais que buscam além da melhor aparência do grão um maior rendimento de panela e melhores características de cocção que permitam servir um arroz “solto”, não “empapado” e de fácil preparo.

Os grãos de arroz formados neste ambiente apresentam melhor aparência devido à disposição das moléculas de amido ocorrer de forma mais uniforme “durante o período de enchimento dos grãos”. Como consequência, propicia-se o surgimento de um “grão” mais duro, transparente, com maior vitricidade quando polido.

A inexistência ou redução das “manchas brancas” (gesso), que nada mais são do que microbolhas de oxigênio dentro do grão e, consequentemente, maior quantidade de amido, dado que não possui espaços vazios (com ar), confere-lhes essa característica sui generis. Este arroz quando cozido, apresenta maior rendimento de panela, que nada mais é do que uma maior quantidade de amido que absorveu água e inchou.

Entidade Associada